Blog

Qual máscara devo usar?

Catiusca Reali1 

No atual contexto da pandemia, observando dados de internações e mortes pelas novas variantes da Covid-19, surgiu um novo questionamento sobre a segurança das máscaras de pano. No início da pandemia, onde havia escassez das tão procuradas máscaras N95 e PFF2, mesmo para profissionais da saúde, o aconselhado, sem dúvida era utilizar as máscaras de tecido. Mas o que mudou de lá pra cá?

Se no início da pandemia não tínhamos dúvidas sobre a maior vulnerabilidade dos grupos de risco, hoje, com as novas variantes, está ocorrendo uma mudança nos perfis. O número de casos graves e, também, de mortes em faixas etárias menores, inclusive bebês, e em pessoas sem comorbidades aumentou muito. O motivo ainda não é claro, pode ser em função do alto número de infectados, mas também pelas próprias variantes que estão circulando, mas é fato que atingimos, nos últimos meses, uma média móvel muito mais alta, de casos e óbitos, comparando ao ano passado.

Então vamos às máscaras:

1 - Máscara de tecido, pode? Sim, desde que tenham 3 camadas e sejam feitas com tecidos de tramas bem fechadas. Nada de tricô, ok? Evite máscaras de costura frontal, elásticas e jamais utilize de tricô. O ideal, segundo a Organização Mundial da Saúde, é que a camada interna da máscara seja de algodão, por ser um tecido absorvente. A camada do meio de material sintético, como polipropileno e a camada externa de material hidrofóbico, como poliester. 

2 – Máscaras com válvula? Não. Máscaras com saída de ar por válvulas protegem os usuários, mas não filtram o ar na saída. Se quem utilizar esse tipo de máscara estiver com Covid-19, poderá contaminar quem estiver ao seu redor.

3 – Máscara antiviral? Sim, mas observe o número de camadas da máscara. O vírus sobrevive pouco tempo na maior parte dos tecidos, portanto é mais importante a quantidade de camadas da máscara e vedação ao redor do rosto, do que propriamente o tecido antiviral.

4 – Máscaras PFF2 e N95? Sim. São as máscaras de maior proteção, tanto para o usuário, quanto para quem estiver próximo. São exclusivas de profissionais da saúde? Não. Se no início da pandemia este tipo de EPI estava em falta, agora é facilmente encontrado em farmácias, então prefira esse tipo de máscara, principalmente em locais fechados ou com aglomeração. A eficiência da PFF2 de 94% e da N95% é de 95%.

Lembrando que só o uso da máscara não é suficiente, mantenha sempre o distanciamento social. E quando chegar o momento do seu grupo se vacinar, não tenha dúvidas!  Vacina é a única forma de manter todos seguros, quanto mais rápida e maior for a cobertura vacinal da população, mais rápido será o retorno das atividades de forma segura.

Fontes:

WHO (2020). Mask use in the context of COVID-19. Disponível em: https://www.who.int/publications/i/item/advice-on-the-use-of-masks-in-the-community-during-home-care-and-in-healthcare-settings-in-the-context-of-the-novel-coronavirus-(2019-ncov)-outbreak. Acesso em 17 de março de 2021. 

G1. Mortes e casos de coronavírus nos estados. Disponível em: https://especiais.g1.globo.com/bemestar/coronavirus/estados-brasil-mortes-casos-media-movel/. Acesso em 17 de março de 2021.

1 Mestre e Doutora em Biologia, Especialista em Microbiologia Clínica.

Receba nossos informativos

51. 3778.1188

iem@iem.inf.br

Rua dos Andradas, 1234 / 1603 
Centro - 90.020-008 
Porto Alegre - RS

Horário de Atendimento: Segunda a Sexta, das 8h30 às 12h e das 13h30 às 17h30

Trabalhe Conosco

© Copyrights 2018.
Todos os direitos reservados.